Português de Portugal - II

Afinal do que é que estás à espera?

foto: Pedro Sousa Filipe
foto: Pedro Sousa Filipe

Já aqui falei que Portugal não sofre de maus políticos, Portugal sofre de maus portugueses!

Pois bem, esta Grande Reportagem da SIC vem por lado a lado a sociedade civil e política da Dinamarca e Portugal e dar-me um bocadinho de razão.

Somos, sempre fomos, um povo com mania de grandeza, de opulência. De grandes já não temos nada, tivemos mas perdemos tudo e fugiram-se-nos os reis para a brasília terra descoberta!

Lisboa sempre teve e continua a ter pretenções de capital do Império. Mas erradamente pensa que o Império termina nas muralhas da Grande Lisboa e esquece-se que Portugal tem mais terra que mar e que no mar (ainda) tem mais terras com sotaque e riqueza. Esquece-se e engorda num centralismo egocêntrico de boys!

Não me chateia que o português não vote, chateia-me que o português ponha sempre a culpa para cima dos outros, os outros portugueses!

Nesta reportagem, Carlos Rico termina com uma (aliás, duas) frases deliciosas:

Deste nosso cantinho europeu invejamos o modelo nórdico na exata proporção em que desdenhamos dos que nos governam. Mas esquecemos com frequência que em democracia os eleitos são o reflexo daqueles que os elegem.