Chernobyl, as mulheres de hoje!

Anseios duma energia 'limpa'

foto: Gerd Ludwig
foto: Gerd Ludwig

Quando o governo se põe a espirrar ideias de energia nuclear para Portugal penso sempre no acidente nuclear de Chernobyl, talvez por ter sido naquele mês de Abril de ’86, talvez por ser o maior, até hoje, acidente nuclear a que o mundo assistiu. Talvez por ser essa uma ideia parva e imponderada duma energia que se diz mais barata.

Vinte e seis anos depois, o maior receio das mulheres que nasceram por aquela altura e que hoje são mães, é o de que os seus filhos não tragam rescíquios de efeitos radiotativos. Anseiam, 26 anos depois!

comments powered by Disqus